Acesso do Cliente

Insira seu usuário e senha para acesso ao controle de processos

Notícias

Cotação da Bolsa

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
França 0,43% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Montes Claros, MG

Máx
28ºC
Min
20ºC
Chuvas Isoladas

Hoje - Rio Pardo de Mina...

Máx
28ºC
Min
18ºC
Chuva

Hoje - Rio de Janeiro, R...

Máx
29ºC
Min
23ºC
Parcialmente Nublado

Hoje - Belo Horizonte, M...

Máx
28ºC
Min
19ºC
Chuva

Hoje - Igarapé, MG

Máx
28ºC
Min
18ºC
Chuva

Webmail

Acesso do Escritório

27/09/2022 - 16h23Orquestra Jovem do TJMG recebe doações de instrumentosServidora pública doou violino, violoncelo e contrabaixo elétrico

A apresentação da Orquestra Jovem do Tribunal de Justiça de Minas Gerais realizada na última sexta-feira (23/9), na sede do tribunal, em Belo Horizonte, tocou o coração da servidora pública da 4ª Câmara Cível do TJMG, Kamila Souto, de 39 anos. Kamila já vinha alimentando, há algum tempo, a vontade de doar alguns instrumentos musicais que mantinha em casa, mas ainda não sabia o destino. Depois de assistir a apresentação de sexta-feira (23/9), feita sob a regência da maestrina Luciene Villani, ela não teve mais dúvida: os instrumentos iriam para a orquestra, formada majoritariamente por crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Elaine Stephanie (à esq.) e Priscila Fernandes (à dir.) buscaram os instrumentos na casa da servidora Kamila Souto (centro) (Crédito: Cecilia Pederzoli/TJMG) Nesta terça-feira (27/9), as monitoras da Orquestra Jovem do  TJMG, Priscila Fernandes, de 26 anos, e Elaine Stephanie, de 24 anos, foram até a casa de Kamila, no bairro Renascença, na região Nordeste de Belo Horizonte, para buscar um violino, um violoncelo e um contrabaixo elétrico com amplificador, doados pela servidora. “Eu acho o projeto muito legal, porque leva a música para quem muitas vezes não teria este contato. E eu não acho justo estes instrumentos ficarem parados enquanto tem muita gente precisando e querendo estudar música. Os instrumentos já me fizeram tão felizes, então é hora de passá-los para frente”, diz Kamila. Ela aprendeu a tocar flauta transversal aos 12 anos e depois acabou se interessando também por outros instrumentos. A paixão de Kamila é o violoncelo, mas ela nunca conseguiu dedicar tempo suficiente para aprender a tocá-lo, assim como o baixo e o violino. Priscila e Elaine ficaram encantadas com a atitude de Kamila. “É muito emocionante, porque nós tocamos o coração de alguém e recebemos esse carinho de volta. Então, estes instrumentos vão fazer grande diferença no atendimento dos nossos alunos”, exaltou a violinista Priscila. Projeto O projeto Orquestra Jovem do Tribunal de Justiça de Minas Gerais nasceu há 10 anos e, atualmente, atende cerca de 300 jovens de 6 a 18 anos. A iniciativa é aberta para toda a sociedade, mas o público prioritário são crianças e adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Além das aulas gratuitas de instrumentos como violinos, violas, violoncelos, contrabaixos e de percussão, o projeto investe na formação de cidadãos. Instrumentos doados à Orquestra Jovem do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (Crédito: Cecilia Pederzoli/TJMG) A violista Elaine Stephanie foi uma das jovens alcançadas pela orquestra. Ela morava em uma instituição de acolhimento, em Belo Horizonte, e conheceu o projeto aos 14 anos. A jovem nunca havia tido contato com a música e, atualmente, é monitora de viola de arco no projeto. Além disso, está concluindo o bacharelado em música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). “A música transformou a minha vida e a minha história  e eu percebo que pode fazer diferença na vida de outras crianças e adolescentes”, destacou a estudante. Por meio da orquestra, Elaine despertou para o grande sonho de sua vida: se tornar juíza da Vara da Infância e da Juventude. “Um dia, eu fui tocar em uma apresentação e alguns desembargadores perguntaram se alguém do grupo tinha vontade de fazer o curso de Direito. Eu respondi que era o sonho da minha vida”, conta a jovem. Os desembargadores do TJMG, José Afrânio Vilela e Newton Teixeira Carvalho, decidiram patrocinar o sonho da jovem e, atualmente, ela cursa o 6º período de Direito na Escola Superior Dom Helder Câmara, em Belo Horizonte.  “Quero seguir nesta área para fazer diferença na vida das crianças e adolescentes”, conclui Elaine. Diretoria de Comunicação Institucional – Dircom Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG (31) 3306-3920 imprensa@tjmg.jus.br instagram.com/TJMGoficial/ facebook.com/TJMGoficial/ twitter.com/tjmgoficial flickr.com/tjmg_oficial  
27/09/2022 (00:00)
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.