Acesso do Cliente

Insira seu usuário e senha para acesso ao controle de processos

Notícias

Cotação da Bolsa

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
França 0,43% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Montes Claros, MG

Máx
30ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Hoje - Rio Pardo de Mina...

Máx
30ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Hoje - Rio de Janeiro, R...

Máx
30ºC
Min
19ºC
Predomínio de

Hoje - Belo Horizonte, M...

Máx
29ºC
Min
14ºC
Predomínio de

Hoje - Igarapé, MG

Máx
28ºC
Min
9ºC
Predomínio de

Webmail

Acesso do Escritório

Ministra Cármen Lúcia faz palestra para novos magistrados do Rio de Janeiro

“STF no século XXI” foi o tema da palestra da ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), na Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (Emerj), nesta segunda-feira (27), no 37º Curso Oficial de Formação Inicial de Magistrados. Ela também foi homenageada com um retrato na Galeria dos Conferencistas Eméritos da Emerj.Na palestra, Cármen Lúcia aconselhou os novos magistrados a terem contato contínuo com a sociedade que representarão. “A tecnologia auxilia o trabalho, mas nenhuma tela conseguirá substituir a troca de olhares entre o juiz e a população que busca ajuda”, afirmou.Papel transformadorUm dos pontos destacados pela ministra é o papel da magistratura como transformadora da sociedade. “O juiz brasileiro é quem precisa dizer ‘não’ às inequidades e ser uma candeia que ilumina o país”, observou. “Tenho certeza de que, em cada comarca que estiverem, serão a luz da esperança de cada pessoa que os procurarem, pois assim teremos uma sociedade realmente livre, justa e solidária”.Segundo a ministra, a magistratura deve ter ciência de seus deveres e consciência da sua importância, “para que assim tenhamos uma democracia verdadeira, em que as pessoas confiem nas instituições, e, principalmente, em um futuro construído com a presença dos juízes garantindo a lei”, concluiu.HomenagemAntes de descerrar o retrato da ministra, a desembargadora Cristina Gaulia, diretora da Emerj, destacou a coragem como uma importante característica da homenageada. “Confrontos e desafios requerem valentia todos os dias, mantendo essa magistrada de cabeça erguida nos momentos de dissensos e discordâncias, sempre fiel a si mesma, defendendo, acima de tudo, os direitos fundamentais da população”, afirmou.“Muitas declarações usaram a palavra ‘coragem’ para se referir à minha amiga Cármen Lúcia, o que me deixou muito feliz. Hoje, comemoramos um retrato da coragem. Você é uma corajosa, um exemplo para todos nós", comentou o desembargador Jessé Torres.A ministra agradeceu a homenagem e falou da participação de mulheres nos cargos de poder. “A atual visibilização de termos mulheres compondo as fileiras de todos os órgãos e de todas as instituições da sociedade fará com que o país seja aquilo que tem vocação para ser: plural“, disse. “Ainda somos mais invisíveis do que os homens, mas estamos começando a nos tornar mais presentes”.Magistradas angolanasRepresentantes do Tribunal Supremo de Angola, em visita à Emerj, assistiram à palestra da ministra Cármen Lúcia para os novos juízes. A visita faz parte do Acordo de Cooperação Acadêmica firmado entre a escola e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (Palop).(Com informações e fotos da Emerj)
27/06/2022 (00:00)
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.