Acesso do Cliente

Insira seu usuário e senha para acesso ao controle de processos

Notícias

Cotação da Bolsa

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
França 0,43% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .

Previsão do tempo

Segunda-feira - Montes C...

Máx
33ºC
Min
22ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio Pard...

Máx
33ºC
Min
18ºC
Parcialmente Nublado

Segunda-feira - Rio de J...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Segunda-feira - Belo Hor...

Máx
27ºC
Min
21ºC
Chuva

Segunda-feira - Igarapé...

Máx
26ºC
Min
21ºC
Chuva

Webmail

Acesso do Escritório

Maioria do STF vota para que se estabeleça uma quantidade que diferencie o usuário de maconha de um traficante

A maioria dos ministros do STF - Supremo Tribunal Federal já votou para que se estabeleça uma quantidade que diferencie o usuário de maconha de um traficante, crimes que têm punições diferentes. Votaram até agora: Gilmar Mendes, Luiz Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Alexandre de Moraes, Cristiano Zanin e Rosa Weber. Mas ainda não houve definição da quantidade. Há propostas que vão de 25 g a 100 g. Atualmente, usuários são punidos com advertência, prestação de serviços à comunidade e medidas educativas. Já o traficante é preso. Sem um critério objetivo, a decisão é do policial, do Ministério Público e do juiz. Os ministros ainda precisam decidir se o consumo pessoal de maconha vai deixar de ser crime. Neste caso, até agora, somente Cristiano Zanin foi contra. O julgamento foi interrompido depois que o ministro André Mendonça pediu mais prazo. Não há data para ser retomado.
24/08/2023 (00:00)
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.